Pressão Arterial – Tudo que Você Precisa Saber

Hipertensão
Pressão Arterial – Tudo que Você Precisa Saber

Todos os dias milhares de pessoas pelo mundo descobre que tem pressão alta. Mas você sabe o que é pressão alta?

Descubra agora!



Pressão arterial – É a tensão com que o sangue é bombeado na suas artérias, por isso o nome é pressão arterial e não pressão venosa. Vale a pena lembrar que quando o sangue é bombeado para fora do coração, ele é bombeado nas artérias. Então por isso que medimos ou aferimos a pressão arterial.

Quando fazemos a aferição da pressão arterial, estamos aferindo a pressão com que o sangue é bombeado para fora do coração, gerando uma tensão na parede das artérias.

Mas o que são esses números que indicam se a pressão está alta, baixa ou normal?

Pressão 12 por 8 é Normal?

É muito normal ao se medir a pressão que está regulada, obtermos o resultado 12 por 8. Na verdade não existe esse 12 por 8, o correto é 120 por 80. Por costume os médicos eliminam o zero e a medição se torna 12/8.

Mas 120 por 80 (12/8) o quê?

Qual que é a unidade de medida da pressão?  A unidade de medida da pressão são milímetros de mercúrio.

Então considera-se um pressão arterial normal a que obtém o resultado de 120 por 80 milímetros de mercúrio. E o que que significa esses dois números?

Quando o coração bate e faz dois movimentos uma chamada sístole que é a contração cardíaca e a outra chamada de diástole, que é o relaxamento do coração. Ou seja quando ocorre a sístole é injetado sangue nas artérias, já quando ocorre a diástase ocorre o enchimento do coração.

O valor maior, que em nosso exemplo é o 120, representa o que chamamos de PAS (Pressão Arterial Sistólica), ou seja é a pressão de batimento cardíaco, a pressão com que o sangue é injetado na parede das artérias. Então o primeiro valor é a pressão arterial sistólica, a pressão de injeção de sangue nas artérias.

Já o segundo valor, ou seja o menor valor, que em nosso exemplo representa o 80, é chamado de pressão arterial diastólica. É a pressão de enchimento do sangue no coração, esse é o momento em que o coração relaxa.

problemas seja a de cima é a pressão sistólica e a pressão de injeção e ativar a pressão diastólica que a pressão de enchimento coração então é isso que significa esses dois números que caracterizam a nossa pressão arterial para a gente ter uma boa pressão.

Resumindo: Pressão arterial é a tensão com que o sangue trafega dentro das artérias.

Para termos uma boa pressão arterial, precisamos entender o que é o DC conhecido como débito cardíaco.

O que é Débito Cardíaco (DC)

Débito cardíaco é a quantidade de sangue que sai de seu coração em um minuto. Normalmente a quantidade de sangue que sai do coração por minuto de um a pessoa normal varia entre 5 a 5 litros e meio.

Isto quer dizer que a cada minuto você bombeia todo o seu sangue através do coração. O nome dado a saída do sangue do coração em direção as artérias é Débito Cardíaco.

O que é Frequência Cardíaca (FC)

Frequência Cardíaca (FC) é a quantidade de vezes em que seu coração bate em um minuto. O coração de uma pessoa normal bate em média de 60 a 80 vezes por minuto. Vale a pena salientar que o coração de um atleta pode bater até 30 vezes por minuto. Isso parece pouco, porém o coração de um atleta é mais forte e eficiente. Uma batida do coração dele equivale a 3 de um não atleta.

O coração de um atleta é muito mais eficiente e isso diminui o trabalho cardíaco. Em vez de bater 3 vezes para expulsar a mesma quantidade de sangue, ele bate uma vez e expulsa mesma quantidade de sangue.

Com isso entendemos que o débito cardíaco e a frequência cardíaca são importantíssimos para você entender a pressão arterial.

O que é Resistência Vascular Periférica (RVP)

Uma outra coisa importante é a resistência vascular periférica.

O que é resistência vascular periférica?

A resistência vascular periférica é a resistência com que o sangue se opõem aos vasos sanguíneos. Então, toda vez que o sangue, que é um líquido, passa pela parede vascular ela passa com uma certa resistência.

Vamos entender melhor!

Se você já tomou um suco de manga natural, sabe que ele é um líquido mais grosso. Imagine você tomando um suco de manga natural com canudo de refrigerante. Com certeza será um sacrifício, pois será difícil fazer aquele líquido grosso passar pelas paredes estreitas do canudo. A resistência na passagem do líquido grosso é muito grande.

Agora imagine tomando o mesmo suco, só que ao invés do canudo, você pegue um cano de pvc desses de encanamento de água. Com certeza você não terá problemas, pois as paredes do cano suportam tranquilamente aquele líquido, mesmo sendo mais grosso.

Espero que tenha conseguido entender pelos exemplos passados.

Basicamente o processo é mesmo em relação a resistência vascular periférica. A resistência vascular se trata da resistência com que o sangue passa no interior das suas artérias. Isso significa o seguinte, se você tiver um vaso sanguíneo com diâmetro, ou seja, um calibre pequeno, ele vai passar com mais resistência, certo?

Com isso teremos duas condições que é a vasoconstrição e vasodilatação.

Vamos entender:

Quando suas artérias estão em vasoconstrição, elas estão com calibre diminuído. Já quando elas estão em vasodilatação, elas estão com calibre aumentado.

O que acontece quando o sangue passa por uma artéria em vasoconstrição? Isso mesmo,

ocorre o aumento da resistência vascular periférica, logo, ocorre o aumento da pressão arterial.

Então uma das medidas do seu corpo para aumentar pressão arterial é a vasoconstrição periférica. E uma das medidas do seu corpo para diminuir a pressão é a vasodilatação. Isso porque ela diminui a resistência vascular periférica, logo, diminua a pressão arterial.

Entendendo estes fatores, fica fácil conseguir entender as duas principais alterações de pressão que temos, uma chamada hipotensão que é quando eu tenho a queda da pressão arterial e a outra chamada de hipertensão, quando eu tenho um aumento da pressão arterial.

O que vamos considerar em relação a hipertensão e hipotensão são os números que caracterizam cada uma, e quais os sintomas de cada lesão.

Você já viu que nossa pressão arterial é regulada pelo Débito Cardíaco (quantidade de sangue que sai do coração) e a  Frequência Cardíaca (batimentos cardíacos por minuto) e a Resistência Vascular Periférica (se está em vasodilatação ou se está em vasoconstrição), isso vai gerar uma alteração na sua pressão.

Basicamente quando você tem uma hipotensão, ou seja, uma queda de pressão, você teve uma vasodilatação.

O que é Hipotensão – Causas e Sintomas

Quando você ouve falar sobre hipo, isto quer dizer queda de alguma coisa. Por exemplo, hipotiroidismo é uma baixa Atividade da tireoide, hipoglicemia baixa de glicose no sangue. Quando se tem uma hipotensão que é a queda da pressão arterial, os números de medição (aferição) vão diminuir. Mas diminuir até quanto? Se diminuir até 10 por 70 milímetros de mercúrio, ainda é considerado normal.

Se diminuir 90 por 70 é pressão baixa, 10 por 60 já é pressão baixa. Esses números representam uma hipotensão.

Uma causa bastante comum e acontece todos os dias, provavelmente aconteceu com você é a hipoglicemia. Por exemplo você vai sair para trabalhar não come de manhã você está em jejum você vai ter menos glicose circulante na corrente sanguínea. A glicose é importantíssimo para o batimento cardíaco e normalização da sua pressão arterial.

O coração precisa bater com força e para ele bater com força, as paredes musculares dele precisam de glicose e oxigênio. Se a glicose tiver baixar causará hipoglicemia e o coração que era forte começará a ficar mais fraco. Ele batendo mais fraco, a pressão cai e aí você pode ter um desmaio. Então desmaio é comum na hipotensão, quando você tem pressão baixa é natural o desmaio. Isso ocorre normalmente quando os números estão abaixo de 100 por 70 (10/ 7).

Basicamente o que ocorre é uma vasodilatação ou uma diminuição da força de contração cardíaca. Outro exemplo: Quando você está na praia naquele calorzão, um dos efeitos do calor sobre os vasos sanguíneos é a vasodilatação.

Isso acontece também quando você está na praia e você está deitado tomando sol, daí quando levanta a vista fica preta, dá uma tontura, isso é um sintoma de hipotensão. Só que nesse caso a causa foi a vasodilatação pela diminuição da resistência vascular periférica.

O que é Hipertensão – Causas e Sintomas

A hipertensão é o aumento da pressão arterial, vamos caracterizar em números. Quais valores caracterizam um quadro de hipertensão?

Quando os números de aferição da pressão estiverem acima de 140 por 90 milímetros de mercúrio o nome dado a isso é hipertensão. Quando você tem a pressão acima desses números 15 por 90, 14 por 10, 14 por 11, já é hipertensão.

Agora quando a pessoa tem a pressão todo dia 14 por 9, na verdade 140 por 90, essa condição é chamada de pré-hipertensão, porque ele é um candidato forte a ter hipertensão no  futuro.

Causas e Sintomas da Hipertensão

Quais são as causas e os sintomas de hipertensão. Você já ouviu falar todos os dias que o sal em excesso, causa hipertensão. Porque o excesso de sal pode causar a hipertensão?

É fácil de entender.

O sal atrai a água, ou seja, quando você tem uma dieta muito rica em sal, há um excesso de sal na corrente sanguínea. O sal chama a água, ou seja, ele chama o líquido, com isso há um aumento no volume sanguíneo. Se você aumentar o volume sanguíneo, você vai ter um aumento no débito cardíaco o que aumenta a sua força de contração cardíaca. E isso aumenta a pressão arterial.

Então o excesso de sal aumenta demais o volume sanguíneo, podendo aumentar a sua pressão arterial. Então uma das medidas do seu corpo para aumentar a pressão quando ela cai, é reter sal, que é o que o sistema renina-angiotensina faz, ele retém sal aumentando o volume sanguíneo.

Uma outra condição é a vasoconstrição periférica que é feita pela angiotensina, ela faz uma vasoconstrição periférica, logo, quando há uma vasoconstrição, há também um aumento na resistência vascular aumentando a pressão arterial. Então esses mecanismos de aumento da pressão são muito importantes.

Resumindo, temos a vasoconstrição periférica, retenção de sal, e o controle neurológico para o aumento da pressão arterial.

Este não é um assunto fácil, mas espero que você tenha conseguido entender.

Se esta informação te ajudou de alguma forma, conto com sua colaboração para divulgar para seus amigos e parentes. Curta nossa página no Facebook e continue conosco!

fonte: Vídeo sobre pressão arterial


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *